quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

*Álbum reúne bumbuns mais bonitos de São Paulo e do Rio*


estes bunbus destas musas tão lindos e se eu pudesse comê-los, seria uma foda maravilhosa

*Levaram o cofre do Adhemar: o maior golpe da história do terrorismo mundial!*

Julho, 1969. Final de tarde, duas ca- minhonetas e um Aero- Willys sobem as ladeiras  e estacionam na porta de uma mansão. Dizendo-se que eram da polícia fe- deral queriam revistar a casa. O portão foi aberto e dez homens e duas mo- ças renderam todos os presentes. Subiram a es- cadaria e arrancaram um pesado cofre da parede que logo estava na car- roceria de uma das pi- capes que chisparam para uma casa em Jacare- paguá,  um lanterneiro, vindo de Porto Alegre, usou a chama de uma maçarico para romper a parede do cofre. Aberto o primeiro orifício, injetaram água dentro, de forma a proteger da chama o conteúdo ainda desconhecido.
Ao ser aberto confirmou as alvissareiras previsões: “contaram 2,6 milhões de dólares... Tinham acabado de dar o maior golpe da história do terrorismo mundial! Era dinheiro roubado, tomado a empreiteiros e bancas de bicho”.
A casa onde estava o precioso tesouro era a casa de um tio de Ana Benchimol Capriglioni, mitológica a- mante e depositária de propinas guar- dadas pelo ex-governador Adhemar de Barros (foto). Conhecido pelo slogan “Rouba, mas faz”. Governara o estado de São Paulo por três vezes e roubara como poucos.
Os jovens que empreenderam a ação eram militantes da Vanguarda Ar- mada Revolucionária Palmares (VAR- Palmares), resultado da fusão entre o Comando de Libertação Nacional (Colina) com a Vanguarda Popular Re- volucionária (VPR), comandada por Carlos Lamarca.
Esta minuciosa e bem planejada ação teve como cérebro a guerrilheira Estela (Dil- ma Rousseff) e o seu esposo Carlos Araújo, Dilma não foi à casa, ficou na retaguarda, mas Carlos Araújo se fez presente ao as- salto.
O dinheiro do cofre não trouxe fe- licidades à Var-Palmares. Boa parte foi dissipada na compra de terras para sediar guerrilhas que nunca saíram do papel. Muito se gastou no sustento de mais de 300 militantes clandestinos. Um milhão foi para a Argélia que só seria resgatado, parcialmente, três anos depois e distribuído entre grupos remanescentes da esquerda no exílio. O dinheiro da Ação Grande se perdeu em quedas, extorsões e lendas.
Ana Capriglione, a amante do Adhemar de Barros, para safar-se de um inquérito aberto, manteve a versão de que o cofre levado da sua casa também estava vazio, que tudo não passara de um grande equívoco dos guerrilheiros.

*Banda Sinfônica dos Fuzileiros Navais do Brasil*


Hoje fui ver a Banda Sifônica dos Fuzileiros Navais do Brasil, fiquei impressionado com o grande público para ver algo tão erudito, era gente mesmo do povo e como foram ovacionados. Como não levei equipamento de gravação, peguei no Youtube esta apresentação da Banda Sinfônica no Instituto Estadual de Educação, em Florianópolis, Santa Catarina, no dia 25 de outubro de 2007, em comemoração aos 150 anos da EAMSC.
Valeu a pena!

*FOTOS RARAS DE CELEBRIDADES*


Colaboração
Marisa Figueiredo
São Paulo - SP

COMO É FIXADO O TAPA SEXO, NO CARNAVAL


Menor Tapa Sexo do mundo - Estou usando o menor tapa-sexo da história do Carnaval - Mulher Pêra - Juju desfila nua
Colaboradora
Vânia Maria Andrade
João Pessoa - PB

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Adeus, Fátima!

Fatima Cartaxo teve um infarto fuminante vindo a falecer hoje às 20 horas em Cajazeiras.

*Chatô e o logro dos palitos de fósforos.*

 Francisco de Assis Chateaubriand cognominado, com muita propriedade, por Fernando Morais em seu livro Chatô, o Rei do Brasil, foi um dos ho- mens mais poderosos da nossa his- tória, não pelo poder político formal, mas pelo império de comunicações que construiu, conhecido como Associa- dos, na verdade um mestre ardiloso, que não poupava ousar estes malsão dotes, transformados em  uma fan- tástica catapulta que lançava petardos letais e certeiros pa- ra trazer benefícios vantajosos às suas empresas.
Assaz inteligente fez amigos e incontáveis inimigos, ambos o respeitava como o temia.
     Suas “loucuras” foram antológicas. Hoje na continuação da postagens sobre ele, todas calcadas no livro do Fernando de Morais anteriormente citado. Ele impôs mudanças de todos os matizes, das poderosíssimas como a Lei Teresoca (Clique e conheça este episódio) e outras banais como determinar que as fábricas de fósforos informasse na frente da caixa de fósforos “contém 40 palitos” ao invés de antes 50 palitos.  
Roberto Marinho
   Chatô criava as mais mirabolantes chantagem engedradas para conseguir as polpudas verbas publicitárias para aumentar o faturamento do seu império, os grandes anunciantes temerosos do seu poderio midiático acatavam sem pes- tanejar. Vale ressaltar com mais ousadia do que o dissimulado Roberto Marinho da rede Globo, o seu mais recente congênere.
Veja também:

Vereador Jucinério esquenta o debate na Câmara.

Oposicionista a prefeita de CZ denuncia servidores ¨fantasmas¨; ¨Nem aqui moram¨Jucinério declarou ainda, que a situação dos servidores que recebem e não trabalham continua da mesma forma na gestão de Nilsinho
Fonte: Diário do Sertão

QUEM CONCORDA # COMPARTILHA !!!!

PODEM TOMAR O NOSSO ESTÁDIO, PODEM TOMAR O NOSSO BUSÃO, PODEM LEVAR NOSSAS CAMISAS! MAS TEM UMA COISA QUE NINGUÉM PODE TIRAR DE NÓS, SÓ DEUS, QUE É O NOSSO AMOR PELO TROVÃO! ATLÉTICO É O TIME MAIS QUERIDO E AMADO DO SERTÃO! É PAIXÃO PRA VIDA INTEIRA!!!!!!
QUEM CONCORDA # COMPARTILHA !!!!
Torcida Mancha

***É Carnaval!!! Vamos divertir!!!***



Colaborador:
João Evaldo de Sousa
Brasília – DF

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

***Flagra de padre transando com duas menores em Paroquia***

   
      Foram seis anos de uma relação de abusos que a jovem, hoje com 19 anos, quer esquecer. Com o padre Emilson Soares Corrêa, indiciado por estupro de vulnerável, a vítima resolveu falar sobre seu drama que começou aos 13 anos.
      - Eu sentia nojo. Ele nunca deveria ter feito isso comigo. O pior é que ele mantinha relações sexuais comigo e depois celebrava missa, dava hóstia na boca dos outros - conta a jovem.
      As relações começaram quando Emilson era pároco da igreja Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, no Cubango, em Niterói. Depois, quando ela se mudou para a casa da mãe, em São Gonçalo, o padre também foi transferido para uma paróquia próxima, a Nossa Senhora do Amparo, no bairro Antonina.

Mais um cenário para a notícia

Cajazeiras ganha mais um meio de comunicação!
 :::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
     Amigos, ainda em gestação um novo projeto jornalístico via internet: uma nova plataforma - Cenário PB - com o mesmo conteúdo do blog "Coisas de Cajazeiras", que permanecerá ativo, mas com outro perfil.
     Ainda é uma versão Beta, uma vez que estamos em fase de testes. Acesse www.cenariopb.com.br e, se puder, nos dê a sua opinião: ela será de grande valia para nós.
                              Obrigado!
                       Christiano Moura
FAROL COMUNICAÇÃO INTEGRADA
Tel. 83 9811-1919
MSN: christianomoura@gmail.com
Twitter: @ChristianoMoura

Acesse www.cenariopb.com.br

As selas de Joaquim de Brito

    Na crônica desta semana, Frassales home- nageia a família materna com um fato corriqueiro à época, as “perseguições políticas, de mistura com senhas fanáticas que prosperaram numa época em que se tornava difícil separar capangas, cabras, cangaceiros, romeiros e fanáticos”.
Seu Joaquim de Brito, seu avô materno, sofria perseguição numa época em que as disputas eleitorais eram decididas a bala e nas perseguições à margem da lei. tempo que ficou famoso por uma lei não escrita e batizada com o nome de um parente do Seu Joaquim. A lei de Chico de Brito.
Mas nesta perigosa teia de violência Seu Joaquim foi salvo pela sua dona Joana Seu Joaquim que corajosamente soube se safar corajosa e inteligentemente e ainda com uma grande presença de espírito.

Bom Dia, Evandro Nóbrega das Verdes Mares!

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Convite de Chico Cardoso a Francisco Matias Rolim

Prezado companheiro
Francisco Matias Ro- lim

    Comunicamos que será implantada no dia 17 de agosto do corrente ano, no Parque Cultural “O Rei do Baião”, localizado na comunidade São Francisco, município de São João do Rio do Peixe (PB), a Galeria dos Escritores Amigos do “Caldeirão Político”.

    Comunicamos ainda que o valoroso escritor integrará essa Galeria. Por isso convidamos desde já para a festividade. Será um momento de integração desses escritores que têm contribuído para o desenvolvimento do sistema de comunicação do “Caldeirão Político”.
    Essa solenidade fará parte da realização do VI FESMUZA – Festival de Músicas Gonzagueanas.
     Atenciosamente,
   Francisco Alves Cardoso – Coordenador Geral do VI FESMUZA


*Zé Lezin - Trepadinha Ligeirinha*


Uma das melhores piadas do humorista paraibano Zé Lezin

Bom dia ao casal Carvalho e Porcina!

domingo, 24 de fevereiro de 2013

*PERERECA MAN*

video

Colaboradora:
Monique Mangueira Guimarães
Cajazeiras – PB

[Canal Livre] Jesus realmente existiu?

O personagem mais fascinante da história da humanidade. Quem foi e como viveu Jesus de Nazaré. O que a história e a arqueologia podem nos dizer sobre seu tempo. O Jesus Histórico é o tema do Canal Livre, que recebe o filósofo Mário Sergio Cortella.
Colaboração de José Hermano Guerra
João Pessoa - PB